A Reforma Trabalhista está aí e você certamente já sabe disso


A Reforma Trabalhista está aí e você certamente já sabe disso.

Mas sabia que 3 dias depois da entrada em vigor da Reforma a Medida Provisória 808 alterou alguns tópicos?

Em pouco mais de três dias após o início da vigência da Reforma Trabalhista, definida pela Lei 13467/2017, o presidente Michel Temer assinou a Medida Provisória 808 que volta a alterar a CLT.

Todas as alterações já estão valendo atualmente, mas para que a Medida Provisória vire lei efetivamente, será necessária a aprovação das Casas do Congresso Nacional (Câmara dos Deputados e Senado Federal), podendo ser rejeitada, aprovada ou ainda, aprovada com modificações.

O prazo para avaliação da MP pelo Congresso é de 60 dias, o qual pode ser prorrogado por mais 60 dias, com suspensão durante o período de recesso.

Entre as principais mudanças trazidas pela Medida Provisória 808, destaque-se o pagamento dos prêmios de incentivo, considerado pelo setor da Construção Civil uma ferramenta eficaz para o aumento da produtividade da mão de obra.

A Lei 13467/2017 objetivando provocar interesse nos empresários em adotar mecanismos de incentivo à produtividade, prevê que todos os valores pagos a título de prêmios e abonos não integram a remuneração do funcionário e não constituem base de incidência de qualquer encargo trabalhista e previdenciário.

Caso a MP seja aprovada sem modificações, o pagamento dos prêmios de incentivo não integrarão a remuneração do funcionário, desde que limitado em apenas duas vezes por ano, consequentemente, gerando barreiras para adoção da prática de remuneração vinculada ao desenvolvimento pessoal do trabalhador.

O ideal, por enquanto, é que as empresas aguardem o resultado das votações da Medida Provisória 808 para a adoção de algumas novas regras da legislação trabalhista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *